alopecia androgenética

O que é Alopecia Androgenética e Como Iniciar um Tratamento?

Introdução

A alopecia androgenética, conhecida como calvície de padrão masculino ou feminino, é uma condição comum que afeta homens e mulheres globalmente.

Embora não represente uma ameaça à saúde física, essa condição pode afetar significativamente a autoestima e a qualidade de vida das pessoas afetadas.

Por isso, neste artigo, você vai conhecer mais sobre seus principais sintomas e tratamentos recomendados. Boa leitura!

O Que é?

alopecia androgenética entradas

A alopecia androgenética é uma condição genética que causa a perda gradativa de cabelo, podendo afetar tanto homens quanto mulheres. O termo “androgenética” se refere ao hormônio andrógeno, que é uma substância responsável pelo desenvolvimento das características masculinas no organismo.

Na alopecia androgenética, a quantidade desse hormônio é elevada, o que faz com que alguns folículos pilosos comecem a encolher, resultando em cabelos mais finos e menos volumosos. Com o tempo, esses folículos podem parar de produzir cabelo, levando à calvície.

Principais Sintomas

A alopecia androgenética apresenta características distintas e sintomas comuns em homens e mulheres. Os principais sinais dessa condição incluem:

Padrão de Perda Capilar

A alopecia androgenética segue padrões específicos de perda de cabelo. Nos homens, geralmente começa com as “entradas” na testa, e pode progredir para a calvície na coroa.

Nas mulheres, a perda de cabelo costuma ser mais difusa, com afinamento ao longo da parte superior do couro cabeludo.

Miniaturização dos Fios

Os fios de cabelo afetados pela alopecia androgenética tendem a passar por um processo de miniaturização, tornando-se progressivamente mais finos e curtos. Isso contribui para a aparência de cabelo mais ralo.

Aumento da Queda de Cabelo

Pode ocorrer um aumento na queda de cabelo, especialmente durante a lavagem, escovação ou penteados. Os folículos capilares miniaturizados produzem fios que têm ciclos de vida mais curtos e, portanto, caem mais facilmente.

Calvície em Áreas Específicas

Em estágios avançados, a alopecia androgenética pode levar à formação de áreas calvas ou deixar o indivíduo com cabelo extremamente ralo, conforme os folículos capilares perdem sua capacidade de produzir fios saudáveis.

Diferenças de Gênero

Embora os padrões de perda de cabelo sejam semelhantes, há variações na manifestação entre homens e mulheres.

Enquanto os homens geralmente apresentam recuo da linha do cabelo e calvície na coroa, as mulheres podem notar um afinamento difuso em toda a parte superior da cabeça, mantendo a linha do cabelo frontal.

Procure um Dermatologista

alopecia androgenética dermatologista

É fundamental destacar que a alopecia androgenética é uma condição crônica e progressiva, com a gravidade dos sintomas podendo variar de pessoa para pessoa.

Procurar orientação de um profissional de saúde, como um dermatologista, pode auxiliar no diagnóstico e na elaboração de estratégias de tratamento corretos.

Recebendo o Diagnóstico

O diagnóstico de alopecia androgenética acontece após uma avaliação clínica do couro cabeludo e dos padrões de perda de cabelo. E se você está em busca de um profissional para isso, nós podemos te ajudar!

clínica dr amilton macedo

Na Clínica Dr. Amilton Macedo, você encontra especialistas que atuam com diversos tratamentos dermatológicos e que podem te ajudar a encontrar o melhor tratamento para a sua condição.

Entre em contato através do nosso WhatsApp ou se preferir, preencha o formulário de contato.

Tratamentos Recomendados

O tratamento da alopecia androgenética pode variar de acordo com a gravidade dos sintomas e as preferências do paciente.

Quando feito precocemente, ele apresenta melhores resultados, e um plano personalizado pode ser elaborado com base nas necessidades e condições individuais. Alguns dos tratamentos recomendados incluem:

Minoxidil

Este é um medicamento tópico que pode ser aplicado diretamente no couro cabeludo. Estudos mostraram que o minoxidil pode ajudar a retardar a perda de cabelo e, em alguns casos, estimular o crescimento de novos fios. Está disponível sem receita médica em várias concentrações.

Finasterida

Este medicamento oral é mais comumente prescrito para homens com alopecia androgenética.

A finasterida age inibindo a ação do hormônio Di-hidrotestosterona (DHT), que desempenha um papel na miniaturização dos folículos capilares. As mulheres grávidas não devem usar finasterida devido ao risco potencial para o feto.

Tratamentos a Laser

As terapias com luz de baixa intensidade, como o laser de baixa potência (LLLT), têm sido exploradas como uma opção para estimular o crescimento capilar. Isso pode ser feito em clínicas especializadas ou com dispositivos de uso doméstico.

Shampoos e Tônicos Específicos

Alguns produtos contêm ingredientes destinados a fortalecer os folículos capilares e promover um ambiente saudável no couro cabeludo. Estes podem incluir minoxidil, cafeína, ketoconazol, entre outros.

Transplante Capilar

alopecia androgenética transplante

Em casos mais avançados, o transplante capilar é uma opção cirúrgica onde folículos capilares saudáveis são transplantados de áreas doadoras para as áreas afetadas.

É Possível Reverter a Alopecia Androgenética?

A alopecia androgenética é uma condição crônica e, em muitos casos, a reversão completa da perda de cabelo pode ser desafiadora.

No entanto, existem tratamentos que podem retardar a progressão da condição, estimular o crescimento de novos fios e melhorar a aparência geral do cabelo.

A eficácia desses tratamentos pode variar de pessoa para pessoa. O sucesso muitas vezes depende do estágio da alopecia androgenética no momento do início do tratamento.

Prevenção

A alopecia androgenética, em grande parte determinada por fatores genéticos e hormonais, não pode ser totalmente prevenida.

No entanto, há medidas que podem ajudar a retardar sua progressão e minimizar a perda de cabelo. Algumas estratégias de prevenção incluem:

Cuidados com o Couro Cabeludo

Manter um couro cabeludo saudável é fundamental. Isso envolve a utilização de produtos de cuidados capilares suaves e adequados ao seu tipo de cabelo, evitando o acúmulo de resíduos e mantendo a higiene adequada.

Estilo de Vida Saudável

Adotar um estilo de vida saudável pode ter impacto na saúde do cabelo. Uma dieta equilibrada, rica em nutrientes essenciais como vitaminas e minerais, pode contribuir para a saúde capilar.

A ingestão adequada de ferro, zinco, biotina e outras vitaminas do complexo B é especialmente importante.

Evitar Danos Mecânicos

Evite penteados apertados, tração excessiva nos cabelos, uso frequente de calor (como secadores e chapinhas) e outros fatores que possam causar danos aos folículos capilares.

Consultas Regulares com um Profissional

Se você tiver preocupações com a perda de cabelo ou estiver interessado em estratégias de prevenção, a orientação de um dermatologista pode ser valiosa para avaliar suas necessidades específicas e desenvolver um plano personalizado.

Conclusão

alopecia androgenética mulheres

A alopecia androgenética pode ser um problema bastante desconfortável e que afeta a autoestima de muitas pessoas.

No entanto, com o tratamento correto e alguns cuidados com os cabelos, é possível controlar a queda e evitar que a calvície se acentue.

Se você está sofrendo com esse problema, não deixe de procurar um dermatologista para obter orientações específicas para o seu caso.

Dr Amilton Macedo
Últimos posts por Dr Amilton Macedo (exibir todos)
Descubra os segredos para uma vida saudável

Fale conosco agora e agende uma consulta para cuidar da sua saúde!

Fique atualizado!