fbpx

Flacidez

A idade, além de trazer muito conhecimento, também tem alguns pontos negativos. Como, por exemplo, a flacidez, uma condição inevitável com o passar dos anos.

 

Veja também:

 

A principal característica da flacidez é a falta de fibras importantes, como o colágeno e a elastina. Com o passar dos anos, o organismo reduz a produção dessas substâncias. Elas são responsáveis tanto pela resistência quanto pela sustentação da pele. Por isso, a falta faz com que o tecido fique mais flácido.

Outros fatores podem desencadear a flacidez da pele como, por exemplo, gravidez e emagrecimento. Durante o período gestacional, a parede do abdômen abre espaço para o bebê se desenvolver. Por isso o excesso de pele após o parto. Além disso, durante o emagrecimento, a pele perde sua capacidade de se retrair por conta da gordura anteriormente acumulada.

No entanto, tratando previamente a condição, os sinais podem demorar para aparecer. Assim, faz com que o organismo ainda produza colágeno e elastina adiando a total exposição da pele flácida.

flacidez

Tratamentos

  • Laser: este procedimento une três ou quatro ponteiras diferentes de laser para ser mais eficaz, de acordo com o caso. O objetivo é renovar as células da área, controlar os vasos e fibras para melhorar o aspecto da pele e seu tônus, além de liberar energia para suavizar o relevo da área. Dependendo da estrutura, a pele pode descamar, mas a recuperação é rápida e os resultados aparecem após dois meses do início do tratamento;
  • Bioestimulação: trata as camadas mais profundas da pele, estimulando o colágeno e devolvendo a tonicidade e a jovialidade. O mais comum no mercado é o ácido-l-polilático, que é infiltrado na pele para fazer parte da matriz dérmica interna, auxiliando na produção de colágeno, responsável pela sustentação da pele.