Nutrição

Você sabe qual é a verdadeira função de um nutricionista? O profissional estuda e entende as características dos alimentos e suas funcionalidades orgânicas. A partir disso e da rotina do paciente são elaboradas dietas para o consumo diário. São levados em conta fatores culturais, biológicos, sociais e políticos.

Não se trata apenas de perder peso, com uma alimentação regrada é possível amenizar problemas de saúde e manter o bem-estar e o humor em dia, além disso previne futuras doenças.

É uma especialidade que pode e deve ser consultada por pessoas de todas as idades, crianças para combater a obesidade infantil, gestantes para fazer o controle nutricional adequado para o bebê, hipertensos e diabéticos para melhorar a saúde, e idosos, já que as alterações fisiológicas podem interferir diretamente na alimentação, gerando falta de apetite, dificuldade de digestão e até mesmo redução da absorção dos nutrientes ingeridos.

A alimentação regrada traz benefícios para a qualidade de vida e da saúde. De acordo com o Food and Agriculture Organization of the United Nations (FAO), órgão internacional, ligado às Nações Unidas, essas são as principais funções de uma boa alimentação para o organismo:

  • desenvolver, substituir e reparar células e tecidos;
  • produzir energia e manter o calor, para que possamos nos mover e trabalhar;
  • conduzir processos químicos no corpo, como a digestão;
  • proteger de infecções, manter nossa resistência às doenças e promover a cura.

É por meio da ingestão de comida balanceada que o corpo recebe nutrientes, como as vitaminas, sais minerais, carboidratos, gorduras e proteínas, sem os quais ele não funciona bem. Uma alimentação saudável e balanceada é o que vai fornecer ao organismo todos os nutrientes nas quantidades necessárias.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do ano de 2015 mostraram que quase 60% da população brasileira está acima do peso ideal. Essas informações indicam que cerca de 82 milhões de brasileiros estão com o índice de massa corporal (IMC) acima de 25, o que significa obesidade ou sobrepeso.

Esses dados refletem a importância de um nutricionista. A visita regular a esse tipo de profissional é importante para qualquer pessoa, mas alguns grupos podem ser beneficiados com isso:

  • Pessoas que sofrem de diabetes, tem pressão alta ou problemas cardiovasculares;
  • Problemas digestivos;
  • Quem passou ou vai passar por uma cirurgia bariátrica (redução de estômago);
  • Mulheres grávidas ou que querem engravidar;
  • Mães que estão amamentando;
  • Adolescentes que apresentam distúrbios alimentares;
  • Qualquer pessoa com excesso de peso, principalmente as crianças;
  • Idosos ou cuidadores de idosos que necessitem de orientação;
  • Atletas interessados em melhorar o desempenho;
  • Qualquer pessoa interessada em ter uma alimentação balanceada e saudável.