Endocrinologia

A endocrinologia é a especialidade médica que cuida do funcionamento de glândulas, que liberam hormônios na corrente sanguínea e que regulam o funcionamento do organismo, e de doenças que o afetam diretamente.

O endocrinologista auxilia no tratamento das glândulas para que não cause maiores danos ao assim, além de tratar de doenças relacionadas ao metabolismo.

Essa especialidade abrange vários ramos, como a neuroendocrinologia, tireoide, obesidade e diabetes, adrenais, endocrinologia feminina e masculina, metabolismo dos carboidratos, lipídios e proteínas, tumores neuroendócrinos e síndromes poliglandulares.

As principais doenças tratadas por este profissional são:

  • Problemas de crescimento;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Osteoporose;
  • Distúrbios da puberdade;
  • Dificuldade para engravidar, doenças relacionadas a menstruação – como Síndrome do Ovário Policístico;
  • Reposição hormonal da menopausa;
  • Problemas na tireoide;
  • Andropausa;
  • Colesterol;
  • Excesso de pelos.

Sempre que o paciente notar qualquer tipo de alteração no metabolismo, com rápidas perdas ou ganhos de peso, sem causa aparente, problemas com o crescimento do organismo ou quando tiver o diagnóstico do diabetes, triglicérides e colesterol, deve-se buscar este profissional.

A endocrinologia se baseia em quatro pilares para buscar maior qualidade de vida e longevidade aos pacientes:

  • Exercícios físicos regulares;
  • Alimentação saudável;
  • Modulação hormonal;
  • Saúde do sono e manejo do stress.

Indivíduos que possuem a vontade de eliminar gordura e perder peso, também podem encontrar no profissional um grande aliado, já que fará uma bateria de exames para verificar se não existe nenhum tipo de problema com as glândulas do corpo, e se o aumento da gordura corporal está sendo influenciado por alguma alteração hormonal. Além de poder prescrever medicamentos que regulem o apetite, sempre com acompanhamento e orientação necessários.

Os hormônios têm papel fundamental para o bom funcionamento do organismo, qualquer tipo de alteração pode causar mudanças significativas na saúde do paciente. É importante esclarecer que a automedicação só prejudica o organismo, pois mascara os verdadeiros sintomas para que o médico consiga realizar o melhor diagnóstico, gerando sérias consequências de difícil tratamento, por isso não se automedique.