Oxidologia: Tire suas dúvidas

10 jul Oxidologia: Tire suas dúvidas

Seu principal objetivo é neutralizar os radicais livres, que são substâncias combinadas com oxigênio, formadas durante a queima de glicose no organismo. Esses radicais podem trazer danos a saúde caso reajam quimicamente com a primeira molécula que surgir em seu caminho.

O organismo produz regularmente os radicais livres, sendo que uma parte deles é usada para protegê-lo de possíveis invasores que causariam infecções; a outra parte, em média 90%, fica espalhada pelo organismo sem função, apenas provocando a oxidação dos tecidos, chegando a modificar o núcleo das células.

Para bloqueá-los, vitaminas e antioxidantes naturais encontrados nos alimentos são uma alternativa. O tratamento também utiliza outros nutrientes como aminoácidos, lipídios e sais minerais, que são essenciais a vida e desempenham funções importantes no organismo.

São usados para:
· Produzir neurotransmissores;
· Proteger a membrana celular;
· Estimular a liberação dos hormônios;
· Melhorar as funções dos tecidos do fígado ou medula óssea, entre outros.

Os principais causadores do excesso desse tipo de moléculas são: o tabagismo, a poluição, o estresse, a alimentação inadequada, o esforço físico exagerado e até a exposição a produtos químicos.

Quanto maior a exposição a esses agentes, maior será a quantidade de radicais livres presentes e acumuladas no corpo, além disso também aumentam os riscos de ficar doente.

Há algumas doenças que podem ser tratadas através da oxidologia, como:
· Obesidade;
· Doenças respiratórias – bronquite, rinite e asma;
· Diabetes;
· Câncer.

É importante frisar a importância de procurar um profissional, antes de consumir grandes doses de qualquer tipo de vitamina, aminoácidos ou minerais.